Feed e Twitter

Feed RSS Twitter

Busca

Por Lustosa em 26/12/2008 às 00:28

Desde a última vez em que perdi muita coisa por causa de falha de HD, passei a me disciplinar e criar uma rotina de backup, mesmo que fosse pra fazer apenas de mes em mes.

Como normalmente a quantidade de coisas que realmente não podemos perder é pequena em relação ao tamanho total dos discos de hoje em dia, fazer backup em poucos DVDs resolve.

Mas e as coisas grandes, como filmes, imagens de DVDs, programas, e afins, que costumam tomar muito espaço? O que fazer com eles? Deixá-los abandonados a própria sorte, pra “quando” (e não “se”) o HD falhar e perder tudo?

Pois bem… estava em casa, com uns 350 Gb de dados no HD (de 500 Gb) pra fazer backup. Ou seja, se fosse gravar em DVDs de 4.7 Gb, precisaria de 75 discos, ao menos em teoria.

Ok, há quem diga que lugar de ISO é em CD/DVD, mas alguem já notou que os CDs e DVDs são hoje em dia o que os disquetes eram antigamente? Quem nunca gravou um CD ou DVD, e quando precisou não conseguiu ler?

Se eu quiser ter mesmo um backup que não vou perder, eu jamais confiaria meus dados em 1 DVD. Talvez gravasse 2 ou 3, dependendo do nível de paranóia.

E aí que parei pra fazer a conta: se eu quiser gravar 500 Gb de dados, vou precisar de aproximadamente 100 DVDs. Pagando-se R$ 1 por disco (ok, dá pra se conseguir mais barato, dependendo da marca e da quantidade), gastaria R$ 100 pra fazer um backup não confiável do meu HD. Digo não confiável, porque certamente um desses DVDs não vai dar problema quando eu precisar, e pela Lei de Murphy, o problema vai dar justamente no disco mais importante. Fora isso, tem o tempo (e a paciência) pra se gravar 100 DVDs. Para um backup mais confiável, gastaria R$ 200 para ter os dados gravados duas vezes.

Pois bem, hoje, 25/12/2008, um HD de 500 Gb está custando R$ 190. Pouco menos que o dobro que custaria o backup em 100 DVDs, ou o mesmo que custaria o backup em 200 DVDs.
Logo, a idéia que eu tive, foi ao invés de fazer meu backup em uma pilha de discos, comprar mais 1 ou 2 HDs pra servir como backup. A idéia aqui não era deixar o disco numa gaveta, e sim deixar ele em funcionamento, junto com o outro, fazendo RAID.

Poderia fazer um RAID-1 (espelhamento) com dois discos, ou fazer um RAID-5 com 3 discos. Em ambos os casos, eu posso perder 1 HD que o sistema continua funcionando. E em ambos os casos, o custo da redundância é 1 disco inteiro. Na prática, com o RAID-1 eu continuo com 500 Gb disponíveis, e com o RAID-5, fico com 1 Tb. Como eu já estava com o HD quase cheio mesmo, preferi a segunda opção.

Ou seja, agora eu tenho um sistema tolerante à falha de 1 disco, mais espaço, e não preciso gravar pilhas de discos. Acho que qualquer um concorda que um HD é bem mais confiável que um CD ou DVD, certo? E enquanto ainda não existe tecnologia pra se guardar dados por muito tempo (décadas), acho que vou continuar nesse esquema. Quando o espaço começar a acabar, vou trocando os discos por outros maiores aos poucos.

Artigos relacionados

  • Nenhum artigo relacionado
Arquivado em backup
Tags: , , ,

Feed RSS para os comentários deste artigo.


2 comentários em “Backup em DVD vale a pena?”

  1. Guilherme Jedi comentou:

    Estou fazendo o mesmo, mas eu fui mais paranóico. Montei um server “só” pra backup aqui em casa. 4x500GB em RAID 1+0.

    Curiosidade: Você teve algum motivo em especial para fazer RAID 5, considerando o RAID 1+0 semelhante porém mais confiável?

    Sobre CD/DVD, eu parei de fazer backup quando fui usar um CD e ele estava DESCASCANDO, tinha até um BURACO em um dos lados.

  2. Bruno Lustosa comentou:

    Oi, Guilherme. Usei o RAID-5 pra não perder muito espaço, já que os HDs são usados no meu computador principal.
    Com 3 discos de 500gb, ficom com 1tb de espaço para uso, e posso perder um dos discos sem problema.
    O RAID 1+0 é legal, mas eu precisaria de um número par de discos (como você, que tem 4 HDs).
    Uma opção legal também é usar um NAS pra isso. Eu arrumei um NAS200 da Linksys, coloquei dois HDs de 1.5tb espelhados e to feliz. Não é a coisa mais rápida do mundo, mas pra jogar as coisas grandes tá valendo.
    Abraço!


Copyright 2009 Ataraxia!   Sinopse